documentos

Abaixo uma lista de documentos-chaves.

O manifesto da Rede de Investigadores Contra a Precariedade Científica (vai ser publicado em breve), e as três   “Propostas para superar a precarização do trabalho científico” assinadas para 36 investigadores do ICS-ULisboa em Março 2016.

O  diploma sobre a contratualização dos investigadores do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, na primeira e segunda versão (resultante da primeira ronda de negociações com os sindicatos) e na versão final publicata no DR. Os comentários sobre o diploma da SNESup, FENPROF, ABIC e ANICT. Texto to PCP sobre o decreto-lei e pedido de apreciação na AR.

Livro negro da avaliação científica em Portugal.

O Plano de concretização e implementação da política de estímulo ao emprego cientifico e as Notas de reflexão e enquadramento sobre a evolução da organização do sistema de C&T e de ensino superior (draft) recentemente públicados pelo MCTES.

As FAQs da FCT sobre o decreto-lei 57/2016.